Entrega dos prêmios no Colégio Desafio foi marcada por muita emoção.

No último dia 7 de novembro, o Colégio Desafio, localizado em Vila Valqueire, no Rio de Janeiro, realizou a cerimônia de entrega dos livros do Projeto Redação 2017. A iniciativa faz parte de uma parceria entre a FOLHA DIRIGIDA e a Biblioteca Nacional.

"Eu digo que esse momento é a culminância, porque o mais importante já aconteceu em sala de aula, com os professores", disse Márcia Matos, diretora da escola, que já participa do projeto há 15 anos.

Márcia destacou, durante a cerimônia, que o tema deste ano foi muito pertinente à atual situação em que se encontra o país. Os alunos tiveram que desenvolver redações que falassem sobre ética. Todas as turmas da escola foram convidadas a participar.

Aos alunos da educação infantil foi proposto que fizessem um desenho e depois contassem à professora uma história sobre ele. "Trabalhamos o tema por meio de vídeos e histórias, e depois sugerimos essa atividade na forma de comunicação visual e verbal", explicou a professora de Português da educação infantil Márcia Barbosa.

Foi escolhida uma redação de cada segmento entre as melhores

Os alunos do ensino fundamental I tiveram que escrever textos narrativos e os do fundamental II e ensino médio, dissertações. Foram escolhidas 50 redações para compor o livro, entregue durante a solenidade. Além disso, foram eleitos os três melhores textos da escola.

Para fazer uma avaliação justa, os professores escolheram uma redação de cada segmento: redações do 1° ao 5° ano, do 6° ao 9° ano e do ensino médio.

Luis Guilherme de Mesquita Cardoso foi o autor escolhido do primeiro segmento. O aluno disse que se inspirou nas coisas que observa no cotidiano para escrever seu texto, e que participar do projeto o ajudou a aprender com seus próprios erros.

Os pais ficaram orgulhosos com a conquista. "Sinto-me muito feliz e agradeço a Deus por ter me dado esse filho tão maravilhoso e inteligente", disse Marco Aurélio, pais de Luis Guilherme.

A mãe, Tânia, complementou: "Queria agradecer a Deus e ao colégio porque meu filho se desenvolveu muito. Hoje em dia é uma criança muito inteligente e esse mérito é todo dele."

No segundo segmento, o texto vencedor foi de Gisele Leonel. "Eu me inspirei nos acontecimentos do dia a dia no Brasil e no mundo", disse a estudante do 9° ano do ensino fundamental.

Vencedor do terceiro ano se inspirou na Filosofia

Já no ensino médio, quem teve a redação escolhida foi o aluno Lucas dos Santos Soares. O aluno disse que o que despertou sua atenção em participar do projeto foram os pontos que ganharia para a disciplina de redação. Mas depois foi se interessando cada vez mais em participar.

Lucas, que futuramente pretende cursar Arquitetura, se inspirou nas aulas de Filosofia para escrever seu texto. "A inspiração veio da prova de Filosofia. Tínhamos acabado de fazer a prova da disciplina quando fui fazer a redação. Nas aulas, estudamos muito sobre ética e moralidade."

Vanderléia, mãe de Lucas, se sentiu emocionada ao ver o reconhecimento do trabalho de seu filho. "Fico muito emocionada em ver o esforço dele sendo valorizado.".




Fale Conosco
Topo
  • Siga-nos nas redes sociais